Andrew Howard Workshop

Este workshop tinha como objectivo criar um alfabeto inspirado numa lista de lojas e empresas comerciais.

Através de um processo de selecção aleatória cada aluno teve uma loja da lista e, em seguida uma letra do alfabeto.

A minha letra era o ‘O’ e o tema era agência de viagens.

IMG_1538

Em grupo com a Cláudia Ferreia, Helena Oliveira e Alice Bouvier, a letra era o ‘P’ e o tema era retrosaria.

p

Anúncios

George Hardie Workshop

Inicialmente foi feita uma lista com vários objectos/invenções mais inteligentes que o Homem fez. De seguida cada aluno escolheu o seu, começando por criar a imagem gráfica (em tamanho A6) desse objecto para no final criar um livro com os trabalhos de todos os alunos.

11016538_899426903412886_882571923_n

O meu objecto escolhido foi a agulha (needle) e para projecto final decidi criar um ‘livro de agulhas’ (needle book) onde, em vector, criei os vários tipos de agulhas diferentes.

IMG_05255

Afonso Borges Workshop

Neste workshop tivemos de escolher um objecto dado pelo professor e criar um poster onde possa ser contada uma história que nos informe sobre esse mesmo objecto.

O objecto escolhido por mim foi o MILK.

MILK Table Lamp
Projeto : NORM.architects

Embora perfeitamente adequado como um candeeiro , MILK acrescenta mais do que luz à sua casa.
O MILK pode ser colocado em qualquer lugar e acende o corpo e a alma, permitindo que a mente derive para o Zen do Onsen japonês.

Materiais: vidro, pernas de madeira de carvalho , cabo de 2 metros de tecido

Cores do cabo: preto, branco

Fonte de Luz: 1x max . 40W G9 halogénio

Dimensões: Ø 20 H 25 cm | Ø 7,87 “H 9.84 ”

Milk_20lamp_2C_20black_20legs_20and_20wire

Poster Final

1111

Ways of seeing and telling: Form and Content

Este projecto consiste na exploração de como as formas de representar e interpretar influenciam a comunicação, significado e compreensão. a partir da elaboração de três trabalhos distintos que explorem três perspectivas diferentes da mesma palavra..

A palavra escolhida foi o Preto / Black.

O preto é a cor de carvão , ébano, e do espaço exterior. É a cor mais escura , o resultado da ausência de absorção ou completa de luz . É o oposto do branco e muitas vezes representa escuridão em contraste com a luz.

Preto foi uma das primeiras cores usadas pelos artistas em pinturas rupestres do Neolítico . No século 14 , começou a ser usado pela realeza , pelo clero , pelos juízes e oficiais do governo em grande parte da Europa. Tornou-se a cor usada pelos Ingles poetas românticos , empresários e estadistas no século 19 e é a cor da alta moda no século 20 .

No Império Romano , tornou-se a cor do luto , e ao longo dos séculos foi frequentemente associado a morte, mal, bruxas e magia. De acordo com pesquisas na Europa e na América do Norte , é a cor mais comumente associado com o luto , o fim , segredos, magia , poder, violência , do mal e elegância.

# A primeira abordagem será criar um livro preto/black book, tamanho A5, onde reúne todos os tipos de papel ou cartolina preta. Como por exemplo papel crepe, cartolina, papel higiénico, papel com textura.

LittleBlackBook_21

fundo_de_couro_preto_da_textura_cartoes_postais-r8517acfbf58a4e5fb54740c78ab085e6_vgbaq_8byvr_512 114-497x497 papel-amassado-2_21214575 PAPEL_LAMINADO_PRETO_49X59_PT_C40FLS_CROMUS_257888_ZM papel_crepom_tipo_italiano_48x2.50mt_preto_principal

Trabalho final

65
# A segunda abordagem será criar um livro de expressões sobre o preto, onde cada página terá um símbolo respectivo a uma expressão. Como por exemplo, black list. Black list é uma lista de pessoas indesejáveis.

O tamanho do livro é de 12×12 cm.

Expressões:

  • berry
  • bird
  • box
  • cat
  • coffee
  • comedy
  • dot
  • eightball
  • eye
  • friday
  • jack
  • list
  • magic
  • mail
  • market
  • pudding
  • rose
  • sheep
  • tea
  • tie

Símbolos:

simb

Trabalho final

4 13

# A terceira abordagem consiste num poster A3, onde foi feita uma recolha de títulos de vários cartazes de filmes noir.

A expressão francesa film noir designa um subgénero de filme policial que teve o seu ápice nos Estados Unidos , entre os anos 1949 e 1950.

A expressão foi aplicada pela primeira vez a um filme pelo crítico francês Nino Frank, em 1946, por analogia com os romances policiais da Série noire, uma colecção criada pela Gallimard, em 1945, cujos livros tinham capa preta e amarela, com sobrecapa preta e bordas brancas. A expressão era desconhecida pelos directores e actores à época em que foram produzidos os filmes noirs clássicos, tendo sido introduzida posteriormente por historiadores e críticos de cinema. Muitos dos criadores de films noirs revelaram mais tarde que não imaginavam, naquela época, que haviam dado origem a um subgénero cinematográfico.

film noir deriva dos romances de suspense da época da Grande Depressão (muitos foram adaptados de romances policiais do período) e da estática dos filmes de terror da década de 1930. Os primeiros noirs apareceram no começo da década de 1940. Historicamente, foram filmados a preto-e-branco em alto contraste, sob influência da cinematografia do expressionismo alemão.

Film-Noir-Wallpaper

Filmes noir:

  • Ace in the hole
  • Apolocy for morder
  • Blonde ice
  • Criss cross
  • Customs agents
  • Deadlier than the male
  • Federal man
  • Nocturne
  • Pitfall
  • Seduzione mortale
  • Sizzling!
  • The dark corner
  • The hunted
  • The pretender
  • Voyage sans retour

titulos

Trabalho final

cartaz a3